Óleos de cozinha


oleo-foto-pensamento-verdeOs óleos mais utilizados para cozinhar os alimentos são: canola, de soja, de girassol e de milho. São produtos de óleo vegetal contém gordura poliinsaturada que no processo de fabricação boa parte se transforma em gordura trans, que é altamente prejudicial para o organismo humano, especialmente o aumento de doenças cardiovasculares.

Além disso, ao serem submetidos a altas temperaturas no forno ou panela tal processo é agravado, imaginem então aquele óleo que é reutilizado inúmeras vezes. Não sabemos o que acontece nas cozinhas de restaurantes.

Somando-se ao problema das gorduras trans, a proporção entre omega 6 e omega 3 nestes produtos é também prejudicial à saúde. Nosso corpo precisa de uma proporção ideal entra omega 6 (pro-inflamatório) e omega 3 (anti-inflamatório), entre 1:1 e 3:1. No entanto, a alimentação industrializada de hoje oferece proporções altamente prejudiciais, em torno de 30:1. O que está envolvido na gênese ou manutenção de uma série de doenças, processos alérgicos, doenças auto-imunes, sobrepeso e obesidade, doenças cardíacas e do sistema nervoso central.

Agora, a pergunta é: o que utilizar para cozinhar? Resposta: a melhor opção é o óleo de côco – o côco é considerado o terceiro melhor alimento do mundo, possui um gordura que mesmo sob altas temperaturas não vira trans, além de ser constituído por alguns ácidos graxos essenciais, que são benéficos para nosso corpo, melhora a imunidade e a utilização da gordura corporal.

Outras opções seriam a banha de porco, a ghee ou a água.

Compartilhar: