Bioimpedanciometria


InBody370

 

Na bioimpedanciometria, também conhecido como exame de bioimpedância é feita uma avaliação da composição corporal (massa gorda e massa magra). Com o resultado desse exame, é possível calcular o peso ideal e a necessidade de ganho de músculos e perda de gordura. Trata-se de um exame não invasivo, sem exposição à radiação e com precisão de resultados.

O exame é opcional e pode ser feito durante a consulta, o valor do exame é cobrado a parte.

É possível fazer somente o exame, mesmo sem consulta.

 

 

 

 


 

 

 

folha_inbody370_preenchida3-3

 

Análise da Composição Corporal
O peso corporal é a soma de diferentes componentes: Água Corporal, Proteína, Minerais e Massa Gorda.
É essencial garantir uma composição corporal equilibrada para manter a saúde.
Análise da Obesidade
O IMC é um índice que determina a obesidade relacionando o peso com a altura. A Percentagem de Gordura é a relação entre a quantidade de gordura e o peso corporal. A Relação Cintura-Anca (RCA) está fortemente associada com a gordura abdominal que, por sua vez, se relaciona com maior risco de desenvolvimento de doença cardiovascular.
Análise da Massa Magra Segmentar
Avalia o grau de desenvolvimento muscular em cada segmento.
Análise da Massa Gorda Segmentar
Reflete a distribuição de gordura em cada segmento. Apesar da altura, peso e massa gorda serem os iguais, uma diferente distribuição de gordura dará diferentes figuras físicas dependendo da acumulação na parte superior ou inferior do corpo.

Captura de tela 2016-02-22 11.54.27Interpretação dos Resultados
Faz a avaliação dos resultados obtidos em função dos valores e referência.
Controle Músculo-Gordura
Informa sobre a quantidade de Massa Muscular e Massa Gorda recomendadas. Os sinais + e – indicam se deverá ganhar ou perder massa, respetivamente.
Impedância
A Impedância é o valor da resistência oferecida pelo corpo à passagem da corrente. É baseado nestes valores que são calculados os constituintes corporais. este valor é muitas vezes usado para fins de investigação.

fonte: http://www.inbody.pt/inbody-370.html

Compartilhar: