Metformina – Parte 1


 

👉🏼Em 2016 foi aprovado o primeiro estudo em humanos para validar a Metformina como medicação antienvelhecimento.

👉🏼Um dos mecanismos da Metformina é a ativação do AMPK, uma enzima dentro das células que reduz o açúcar no sangue, promove a queima de gordura ao invés de sua estocagem (auxiliando no emagrecimento) e recicla conteúdo celular para eliminar proteínas tóxicas (como proteína TAU e beta-amiloide relacionados com Alzheimer, entre outras).
👉🏼Impulsionar a atividade de AMPK pode prevenir e até reverter efeitos de envelhecimento, como doenças cardiovasculares, diabetes, doenças neurodegenerativas (Alzheimer, Parkinson), câncer entre outras.
👉🏼Por controlar os níveis de açúcar no sangue, há proteção quanto ao dano causado pela GLICAÇÃO do DNA e Inflamação Crônica (SIM, açúcar e excesso de carboidratos são tóxicos para o organismo de TODOS, NÃO APENAS DIABÉTICOS).

 

Compartilhar: